Home
Quem sou eu?
A dona barata
O fantasma...
A peq grande
Origem Cap_M
J. e as palavras
Sofia e a joan...
O bicho mau
Poderes Cap_M
Alien Cap_M
J. Baralho Mat
Fadas sem asas
Quem descobriu
J. 4 Operações
Prêmio/Concurso
JP e a Esfera
Fotos/eventos
Outros Contos
Dicas 1º Livro
Curiosidades
Pág. Restrita
Fale conosco




Uma pequena mentira leva um garoto a enredar-se em uma série de outras mentiras que fogem ao seu controle, transformando-se em algo de grandes proporções e com consequências indesejáveis tanto para ele quanto para as pessoas ao seu redor, e levando-o à constatação de que mentir não vale a pena.

Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.


      Trata-se de uma mentira (uma dor de dente) inventada por Pedro Henrique para não ter que fazer uma prova para a qual não tinha estudado, embora sua mãe o lembrasse constantemente da data e do conteúdo a ser estudado. Pedrinho inventa uma pequena mentira que sai do seu controle e que se torna uma grande mentira, envolvendo inclusive outras pessoas, e que ao final acaba por fazê-lo ir ao dentista (coisa que ele nem cogitava) e a fazer a prova que perdera mesmo sem ter estudado. Descobre que se tivesse apenas estudado, atendendo aos conselhos de sua mãe, tudo teria se dado de forma mais tranquila.


Trecho: (...) Quanto o assunto era a escola, eu era o que se podia chamar de um aluno exemplar: era obediente, sempre fazia as tarefas, participava de todas as atividades escolares, estudava para os exames, tinha boas notas e não costumava chegar atrasado à escola. Minha mãe, uma senhora muito calma e sorridente, conhecida na vizinhança como Dona Maria, era testemunha de meu bom rendimento escolar. Ela vivia dizendo orgulhosa a todos como eu me portava bem, era responsável, educado e dedicado aos estudos.
Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.







      O texto original `A pequena grande mentira` participou do 1º Prêmio Cuore de Literatura Infantil e Infantojuvenil - 2012 da Editora Cuore (Tatuapé/SP), que contou com a participação de centenas de inscritos, onde ficou entre os 10 (dez) melhores livros, denominados finalistas e dos quais a comissão julgadora - composta por cinco especialistas em literatura infantil e juvenil que julgaram a originalidade do título e do texto, o uso artístico, competente e agradável da língua portuguesa considerando o público-alvo da obra e a viabilidade da aplicação paradidática - escolheu 3 (três) para receber o Prêmio Cuore. A pequena grande mentira ficou em sexto lugar.

Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.
        Clique aqui para ampliar essa imagem
Certificação de participação
Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.
Clique aqui para ampliar essa imagem     
Resultado 1º Prêmio Cuore

Este conto foi publicado originalmente em 2016 pelo método de Self Publishing (auto-publicação) da Amazon Kindle Direct Publishing – KDP, no formato Kindle eBook e contava com versões simples eletrônica e impressa. Em 2021 a versão atual foi revisada, diagrama e colorida pela Editora Adonis.



CADASTRO DO ISBN

 

ISBN: 978-65-86844-45-0

TÍTULO: A pequena grande mentira

AUTOR: Francisco Hélio de Souza

EDIÇÃO: 1

ANO DE EDIÇÃO: 2021

LOCAL DE EDIÇÃO: Americana/SP

TIPO DE SUPORTE: Papel

PÁGINAS: 24

FORMATO: 20x25 cm

EDITORA: Adonis

Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.


Site sempre em fase de construção - críticas/sugestões: fhelios@gmail.com

Site pronto: NetFacilita