Home
Quem sou eu?
A dona barata
O fantasma...
A peq grande
J. e a origem
J. e as palavras
Sofia e a joan...
Fadas sem asas
Quem descobriu
J. 4 Operações
Premiações
Críticas
Fotos/eventos
Outros Contos
Dicas 1º Livro
Curiosidades
Pág. Restrita
Fale conosco




Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.

       Nessa história, conta-se como um menino de comportamento tímido e introvertido, que não gostava de estudar, despertou seu interesse por aprender coisas novas e como isso melhorou seu relacionamento com outras pessoas e o seu desempenho na escola. Sua resistência aos estudos, o vocabulário reduzido e seu trauma com a utilização de “palavras difíceis” foi sendo aos poucos superados e Joãozinho viu crescer sua autoestima, determinação e perseverança. A partir de situações cotidianas, o menino percebe a importância de se buscar conviver melhor com outras pessoas, atuar em grupo e interagir com os colegas na escola. Joãozinho decide enfrentar seus medos e resolve lançar um desafio a si mesmo, o qual estende depois aos colegas da escola: elaborar “listas de palavras difíceis”. A elaboração de tais listas envolve um pacto estabelecido entre eles que acaba por beneficiar a todos os membros do grupo e que, posteriormente, se estende a toda a escola, levando Joãozinho a ser reconhecido como exemplo de persistência e motivação para os demais aluno da escola. As novas situações com as quais Joãozinho se depara servem para se refletir sobre a importância de estudar, conhecer coisas novas, valorizar o aprendizado e se manter atualizado. Servem como experiência de vida.

Trecho (...) Joãozinho era um garoto de comportamento tímido e introvertido que não gostava muito de estudar e tinha dificuldade em se comunicar com outras pessoas. Por não se dedicar aos estudos, seu vocabulário era reduzido e ele não gostava de ter de lidar com palavras novas, diferentes, especialmente aquelas que fugiam ao seu uso cotidiano, as quais rotulava de “palavras difíceis”.
(...) Joãozinho percebeu, por si só, que sua desatenção com relação às palavras que considerava difíceis poderia lhe criar situações indesejadas ou embaraçosas ou até mesmo atrapalhar seu desenvolvimento pessoal. Já começava a ser motivo de piadas entre os meninos de sua idade. Resolveu então começar, ainda que de forma tímida, a pesquisar e conhecer algumas palavras diferentes que ouvia no cotidiano e, vez por outra, arriscava-se a falar algo utilizando uma linguagem mais elaborada.
As situações cotidianas também exigiam cada vez mais conhecimentos por parte de Joãozinho. Foram muitas as situações em que o menino precisou, se não usar, pelo menos conhecer palavras novas, motivando-o a mudar suas convicções.
Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.



Veja algumas páginas do livro, disponibilizadas pela Editora, clicando na figura abaixo




Atualmente o livro está disponível também em outras livrarias e editoras, como a Livraria Cultura, a Saraiva e a Amazon e pode ser acessado diretamente nos sites pelo nome do livro ou do autor, inclusive na loja virtual da Adonis, no link abaixo:

www.editoraadonis.com.br






Leia algumas publicações na mídia sobre o evento


Editora Adonis anuncia vencedores do IV Concurso Agostinho de Cultura



CADASTRO DO ISBN

 

ISBN: 978-85-7913-366-4

TÍTULO: Joãozinho e as palavras difíceis

AUTOR: Francisco Hélio de Sousa

ILUSTRADOR: Paulo R. Masserani

EDIÇÃO: 1

ANO DE EDIÇÃO: 2016

LOCAL DE EDIÇÃO: SÃO PAULO

TIPO DE SUPORTE: PAPEL

FORMATO: 15 x 21 cm

PÁGINAS: 56

EDITORA: Adonis

Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.

Site sempre em fase de construção - críticas/sugestões: fhelios@gmail.com

Site pronto: NetFacilita