Home
Quem sou eu?
A dona barata
O fantasma...
A peq grande
J. e a origem
J. e as palavras
Sofia e a joan...
O bicho mau
Os superpoderes
Cap Malvado
J. Baralho Mat
Fadas sem asas
Quem descobriu
J. 4 Operações
Prêmio/Concurso
Críticas
Fotos/eventos
Outros Contos
Dicas 1º Livro
Curiosidades
Pág. Restrita
Fale conosco



Um casamento pode ser um evento tão negativo a ponto de levar à ruína uma cidade inteira? E é possível que os causadores dessa ruína sejam também aqueles a restabelecer o desenvolvimento dessa cidade? Leia este livro e tire suas próprias conclusões.

Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.

      Narra, em uma pequena novela de capítulos curtos e objetivos, como um casamento tradicional arranjado entre a filha de um ilustre coronel e o filho de um rival político, intermediado pelo prefeito e visando interesses político-financeiros, muda a história de uma pequena cidade do interior ao converter-se em um escândalo de grandes proporções. Descreve como uma pequena cidade e seus paupérrimos habitantes, que esperavam prosperar por meio da atuação e da aliança de seus principais políticos, veem o seu potencial de desenvolvimento despencar até chegar ao fundo do poço, ficando ainda mais carentes de toda sorte de infraestrutura e consumidos pelo atraso econômico, pela pobreza e a falta de perspectivas. Porém, o desenvolvimento econômico da cidade ressurge aos poucos a partir do potencial turístico proporcionado por uma história mal contada que dá conta de um grande investidor misterioso e de um mecenas patrocinador de eventos sociais, políticos, filosóficos e artísticos, bem como da existência de um cemitério mal-assombrado e da suposta aparição de uma visagem: o fantasma da filha do coronel.

Trecho:
(...) O que Guilhermina fez a seguir, não foi testemunhado. Contam as más línguas que ela voltou a ficar em prantos e saiu correndo pelada, gritando feito louca ao redor do cemitério até sumir de vista. Outros dizem ter cometido suicídio, enterrando-se viva nas covas já abertas pelo coveiro. Também surgiram diversos outros relatos não comprovados para o seu sumiço, tais como ter sido devorada por feras, reduzida a pó por um raio, sequestrada por almas penadas, abduzida por extraterrestres e outras invenções fantasiosas. O fato é que depois disso Guilhermina nunca mais foi vista por aquelas bandas (pelo menos não na forma humana). Após esse dia, virou lenda sua aparição feito fantasma no cemitério para assombrar as pessoas que se aproximavam do local. Sempre se achava, aqui ou acolá, alguém que jurasse ter visto uma mulher vestida de branco a rondar entre os túmulos do cemitério. (...) O cemitério de Sertãozinho de Dentro ganhou fama de mal-assombrado, passando a ser evitado pelas pessoas durante a noite, para não se depararem com o fantasma da filha do coronel.
Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.



Veja o Catálogo da Editora Adonis, clicando na figura abaixo e procurando o livro pelo nome do autor ou do livro (pág.  113)







Divulgação do livro nas escolas


          Apresentação de monólogo do livro “O fantasma da filha do coronel” por ocasião do II Concurso Literário da Biblioteca Desembargadora Nídia de Assunção Aguiar em Piripiri (Piauí), em novembro/2019. Concurso destinado às crianças do ensino fundamental e dividido em duas fases, onde na primeira fase os alunos fizeram uma resenha de um livro e, na segunda fase, apresentaram um monólogo do livro escolhido. O texto foi apresentado pela estudante Hélen Horrana Lima de França, aluna do 5º ano, do Centro Educativo Municipal Irmã Ângela – CEMIA.
Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.

      primeira versão da novela direcionada para o público juvenil e intitulada O fantasma da filha do coronel, que alcançou o 1º lugar no Prêmio Eliane Ganem de Literatura Infantojuvenil de 2011 foi publicada com a capa abaixo por meio da Editora Arte Final (Niterói/RJ) no mês de maio de 2012.

Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.
        Clique aqui para ampliar essa imagem
Certificação de premiação
Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.
Clique aqui para ampliar essa imagem     
1ª Capa: O fantasma da filha do coronel

Resultado do Prêmio Eliane Ganem de Literatura Infanto-Juvenil de 2011





CADASTRO DO ISBN

 

ISBN: 978-85-7913-786-401-2

TÍTULO: O fantasma da filha do coronel.

AUTOR: Francisco Hélio de Sousa

EDIÇÃO: 1

ANO DE EDIÇÃO: 2017

LOCAL DE EDIÇÃO: SÃO PAULO

TIPO DE SUPORTE: PAPEL

PÁGINAS: 64

EDITORA: Adonis
CATEGORIA: Ensino Fundamental
Não vê essa imagem? Então clique aqui com botão direito do mouse e depois em Mostrar Imagem.

Site sempre em fase de construção - críticas/sugestões: fhelios@gmail.com
Site pronto: NetFacilita